GODOFREDO VIANA: Pandemia aumenta número de famílias em situação de vulnerabilidade.

A pandemia mudou o dia-a-dia de muita gente, mas algumas famílias foram afetadas de maneira profunda e fez com que… [ ]

6 de abril de 2021

A pandemia mudou o dia-a-dia de muita gente, mas algumas famílias foram afetadas de maneira profunda e fez com que muitos, que sempre batalharam para colocar comida na mesa, passassem a depender de ajudas para sobreviver.

Enquanto Godofredo Viana patina por falta da políticas sociais diante da pandemia, e as coisas só acontecem no empurrão, o município de Marituba no Pará é destaque por medidas voltadas ao social.

A prefeitura abril nesta segunda feira (05), inscrições para o auxílio de 200,00 reais. O benefício é destinado às famílias que sobrevivem com menos de um salário mínimo por mês e que se encontram em situação de vulnerabilidade social. O cadastro é feito pelo site da Prefeitura e passará por análise pela equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semads).

De acordo com a gestão municipal, cerca de mil famílias serão beneficiadas com a renda, que poderá ser paga por até 12 meses. A ideia é que as famílias possam utilizar o benefício para adquirir alimentos básicos, no comércio local.

“Além de dar uma ajuda para essas famílias que estão em situação de pobreza, também vamos contribuir com a economia do próprio município”, destacou a prefeita Patrícia Mendes.

A situação de vulnerabilidade social será comprovada por meio de visitas domiciliares ou entrevistas investigativas visando a sua confirmação, realizadas por profissionais da área social.

Em parceria com o Banco do Estado do Pará (Banpará), o benefício será concedido preferencialmente às mulheres chefes de família que possuam uma renda familiar de até 25% (vinte e cinco por cento) do salário mínimo e que não sejam beneficiadas por rendimentos concedidos por outros programas oficiais de transferência de renda, entre outras condicionantes.

Enquanto isso GODOFREDO VIANA recebe os recursos de royalties das mineradoras do município, onde a população não sabe em que são utilizados essas receitas, demostrando falta de compromisso e transparência do poder público municipal. O que leva a centenas de famílias a viverem em situações vulneráveis sem uma saúde e vida digna de sobrevivência.

Depois de vários manifestos em grupos de Whatsapp e Facebook cobrando ações da prefeitura sobre a distribuição de cestas básicas às famílias carentes do município e também por verem ações sociais de grupos de jovens fazendo distribuição de alimentos as famílias pobres, a prefeitura revolveu agir sob os empurrões distribuindo cestas básicas a partir desta quarta-feira (07). Que mais ações solidárias venham acontecer no município, pois a população Godofredense precisa desse retorno imediato dos royalties que as mineradoras deixam nos cofres públicos da prefeitura.

Redação de jornalismo do Poder em Questão

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

  • Mais lidas